Tudo o que é sólido pode derreter 2.


Em alguns dias ela teria que voltar para sua cidade e eles teriam que conviver com essa distância.
Passou-se um ano. Eles já não se falavam com tanta frequência e quando o faziam, era de forma rápida, quase cordial. As conversas que antes deixavam sabor de infinito, agora deixavam tristeza. Não existia mais aquele sentimento de se conhecerem há muito tempo, talvez houvesse e não era demonstrado, não sabia mais... Perguntava-se em que momento tudo começou mudar. Não poderia deixar que um sentimento tão puro e sincero pudesse acabar assim. Decidiu procurar novamente aquele que mexia inexplicavelmente com seus sentimentos. E foi. Estaria em poucos dias na cidade onde tudo começou. Chegando lá o procurou. Ele ficou muito feliz em revê-la, mas nada estava igual, ao menos ela sentia assim.
Passou alguns dias naquele lugar. Aos poucos foram recuperando o que tinham deixado para trás. Parecia tudo 'normal' agora. Havia uma promessa em que não importava o que acontecesse, um jamais esqueceria o outro. Uma promessa que para ela não seria difícil de cumprir.


  Novamente teria que voltar para sua cidade, mas estava feliz por estarem bem. Continuariam mantendo contato. Ela ia observando com o passar do tempo, que ele estava voltando a sua vida de antes de se conhecerem. Não passava mais tanto tempo em casa, saia com os amigos, ia à igreja. Estava indo bem no trabalho, e ela ficava muito feliz ao ver que ele estava tão bem. Porém, mais uma vez ele foi se afastando. Ela sabia que poderia sempre tentar, mas nunca obrigar uma pessoa a permanecer em sua vida, e decidiu aceitar essa condição, afinal o que importava e a deixava feliz era saber que ele estava bem, mesmo o distanciamento à magoar tanto.

  Da janela de seu quarto, observava o céu tão estrelado naquele dia e lembrou de tudo que havia vivido naquele último ano. A vida realmente era uma surpresa por si só, as pessoas também. Elas entram em nossa vida sem nenhum motivo aparente e acabam deixando marcas inimagináveis. A sensação era de que apenas serviu para ajudar a superar uma etapa difícil e que sua presença tornou-se desnecessária. Novamente olhou para o céu. Era inevitável não recordar. As estrelas remetiam o brilho de seu olhar, e assim como elas, ele também estava tão distante dela.

  Tudo o que viveu continuaria ali, vivo como no primeiro instante, mas agora seriam como doces lembranças tatuadas no tempo.

Por: Zane Souza


AGRADECIMENTO: 

João Augusto Ribeiro Padovan- A minha inspiração. Penso que ninguém deveria passar por essa vida sem antes te conhecer. Alguém muito especial. Te adoro muito.

Bruno Angeli - Bruninhozinho, que me ajudou com a correção na primeira parte do conto; uma pessoa muito gentil, inteligente e super gente boa.


26 comentários:

  1. Meu Deussss!!! Que homem complicado, quando ele consegue a mulher ideal começa a se afasta dela. Parece-me que o sentimento que envolvia ele no inicio, começar a surgir nela no final. Será que a promessa que ele fez a se mesmo em não confiar em mínguem ele manteve com medo de sofre novamente de decepção ou ele tem dupla personalidade?

    Neto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KKKKK Era justamente isso que queria provocar em quem lesse o texto, mas te falo que não foi por ele ter dupla personalidade não... hehehe

      Excluir
  2. Lindo!

    Definitivamente admito pessoas com tamanha inspiração como você! :)
    Adorei o texto... ''Tatuadas no tempo'' linnndo!

    - Apanhador de Livros -

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Lucas pelo elogio.
      ''Tatuadas no tempo'', achei lindo também rsrsrs
      Fiquei feliz com sua visita, volte sempre.
      Amo visitar apanhador de livros.

      Beijos!!

      Excluir
  3. Nossa,
    que lindo... Uma pena que eles se afastaram, mas ela de alguma forma mudou a vida dele, mesmo que ela não permaneceu fisicamente ao seu lado, a presença dela em algum momento, as conversas que eles tiveram, talvez os sorrisos dos dois juntos, deram a ele uma nova esperança, fizeram com que ele deixasse de apenas existir para voltar a viver..

    Mas quem sabe um dia eles se reencontram, tenho esperança.. Parabéns flor, o texto é muito lindo mesmo.

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, a vida é uma surpresa afinal neh, quem sabe em uma das voltas que ela dá eles não se reencontram...

      Beijos!!

      Excluir
  4. É incrível como a história não acabou com o simples "Final Feliz" dos contos de fadas, esse texto nos mostra a atual realidade de mundos diferentes, que nem tudo acontece naquele momento. Mas como uma pessoa me disse: Tudo tem seu tempo!

    meninasapeca-ms.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim. Debaixo do céu, há tempo para tudo...
      ;D

      Excluir
  5. menina eu adorei o texto. Eu costumava escrever quando era adolescente :)
    bjinhos
    http://quecorusar.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Confesso que estou amando essa minha fase de 'escritora'. No início escrevia mais com o intuito de exercitar a escrita. Espero que essa inspiração não passe, só aumente.

      Beijos!!

      Excluir
  6. Oiii gatiinha !
    Eu estou passando aqui pra te dizer , que eu etou seguindo seu blog e amando tudo !
    Parabéns muito sucesso !
    Quero pedir pra você curtir a fan page , me seguir no twitter e seguir de volta no blog , tem como retribuir esse favor ?
    www.batom-veermelho.blogspot.com.br
    Espero que você tenha sucesso & miil beijinhos pra você ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. rsrsrsrs por não?
      Obrigada. Fico feliz em tê-la como seguidora. Beijos!!

      Excluir
  7. Muito bom seu texto =)

    http://coisas-jujuba.blogspot.com.br/2013/04/la-vou-eu-polemizar-de-novo.html

    ResponderExcluir
  8. Sei bem como é isto... o velho e dolorido amor de verão.
    As histórias são sempre lindas, mas doloridas.

    Querida: A inspiração as vezes nos abandona, mas ela sempre volta porque a arte fica (li teu comentário acima - rss)

    Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A inspiração as vezes nos abandona, mas ela sempre volta porque a arte fica. Que bom saber disso.
      ^^

      Excluir
  9. Ai, não gostei do desfecho hehehehe. Mas é raro os casais que conseguem ficar juntos com a distancia no meio. Geralmente se aproxima de outras pessoas e vai perdendo aquela ligação.

    http://blogprefacio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São as surpresas da vida... e assim como na realidade, nem todo final é feliz, mas com certeza todo desfecho deixa um aprendizado, uma marca...

      Beijinho ^^

      Excluir
  10. Vc sempre estará no meu coração minha pequena.... eu que não poderia passar nessa vida sem conhecer vc ..... te adoro demais

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não poderíamos passar por essa vida sem nos conhecermos... Também te adoro demais meu grandão rsrsrsrs ♥

      Excluir
  11. Caramba Você ta contando a história da minha prima é hahaha eu li eu achei igualzinho

    http://inspiracaoentrelinhas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Ameii o blog

    http://blogdmilly.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir